19 de Março de 2018 às 09:38

Pai e filho feridos em capotamento na BR 365 e parte da carga de cerveja foi saqueada

A caminhonete capotou e caiu de um barranco de 20 metros

PATROCÍNIO (MG)-  A Polícia Rodoviária Federal registrou um acidente no fim da tarde desta quarta-feira (07/03) no quilometro 445 da BR-365, próximo a Guimarânia, mas ainda no município de Patrocínio (MG).

Uma caminhonete com placas de Patos de Minas capotou na pista e caiu de uma barranco com cerca de 10 metros. Duas pessoas ficaram feridas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um usuário da rodovia ligou no telefone 191 informando que havia um acidente na BR-365, próximo a Guimarânia e que havia pessoas saqueando a carga no local.

Imediatamente a viatura deslocou, mas quando chegou parte da carga já havia sido saqueada.

No local, os policiais identificaram que o veículo GM/S10 branca com placas de Patos de Minas seguia no sentido Patrocínio a Patos de Minas quando o motorista perdeu o controle.

O veículo tombou na pista e caiu de um barranco com cerca de 10 metros.

O motorista de 52 anos e o filho de 25 anos ficaram feridos. Eles foram socorridos por terceiros e encaminhados a um hospital particular de Patos de Minas.

Ainda de acordo com a polícia, o pai teve ferimentos leves. O filho sofreu um corte na cabeça, mas estava consciente e sem gravidade.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ir ao local, mas as vítimas já tinham sido socorridas.

A caminhonete estava carregada com latas de cerveja, que ficaram espalhadas às margens da pista. Boa parte destas latas ficaram danificadas no acidente e ficaram vazias. Outras foram saqueadas.


Comentários

Termos de uso:

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Patrocínio Online. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Patrocínio Online poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!